O ginasta também considera a competição do Sul importante porque servirá como avaliação para a montagem da seleção brasileira que vai ao Mundial

Arthur Zanetti faz duas competições seguidas: Troféu Brasil e etapa de Anadia

Arthur Zanetti faz duas competições seguidas: Troféu Brasil e etapa de Anadia

São Caetano – O ginasta Arthur Zanetti compete no Troféu Brasil e I Etapa Caixa de Ginástica Artística e Rítmica, neste fim de semana, evento que também servirá para avaliar os atletas para a seleção brasileira de ginástica que disputará as competições internacionais do ano, dentre elas o Mundial de Nanning, na China, em outubro. O evento abre o calendário nacional da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), no Ginásio do Sest Senat, em Bento Gonçalves (RS), cidade da serra gaúcha, e tem entrada gratuita para o público. A ginástica artística masculina terá treino de pódio nesta sexta-feira (23/5) e competições no sábado (24/5), das 14 às 17h30, e no domingo (25/5), das 9h40 às 11h40.

Arthur enfrentou uma virose no começo da semana, mas foi liberado pela comissão médica para ir ao Sul. “É importante, pela avaliação que será feita com todos os atletas para a seleção. Estou mais preocupado com as execuções do solo e do salto, mas acho que ainda não vou fazer a série nova que venho treinando no solo. Nas argolas, quero conseguir fazer o esperado e focar mais nos outros dois aparelhos porque faz algum tempo que eu não compito neles. Gostaria de tirar boas notas nos dois aparelhos”, afirmou Arthur, que viajou para Bento Gonçalves com a equipe da SERC/Agith/Santa Maria, de São Caetano do Sul.

Para o técnico Marcos Goto, o Troféu Brasil vai ser como um teste para Arthur. “Vamos usar a apresentação nas argolas como preparação para Anadia. Ver o que está bom e o que está ruim para podermos ajustar para Anadia. Quero também aproveitar as competições de Bento Gonçalves e Anadia (etapa portuguesa da Copa do Mundo, de 29 de maio a 1 de junho) para ajustar a série do Arthur às novas regras do código de pontuação, que vão sair em setembro. A ginástica do mundo todo já sabe que virão mudanças e está trabalhando para se ajustar. Vamos fazer uma série de nota 6.8 em Bento e Anadia, mais fácil, sem o elemento Zanetti, que é muito difícil, mas já ajustada para as novidades do código”, disse Marcos, reforçando que o objetivo para Anadia é “subir ao pódio”.

Arthur Zanetti testa série nas argolas em busca de ajustes para Anadia

Arthur Zanetti testa série nas argolas em busca de ajustes para Anadia

Na volta de Bento Gonçalves, Arthur já embarca para Portugal. Anadia será a primeira etapa da Copa do Mundo que disputará na temporada – fez uma única competição fora do Brasil, os Jogos Sul-Americano de Santiago, com ouro nas argolas. “Vimos a lista, tem alguns ginastas que conhecemos, alguns nomes novos, mas vamos fazer argolas e tentar fazer a melhor pontuação que der, como foi no meeting (Internacional de Santos – tirou 16.000). Estamos treinando pensando nas mudanças no código – não vai ter mais a parada na vela. Já estamos treinando para nos adaptarmos a isso porque quando a federação internacional validar vai valer imediatamente e todos terão de cumprir. De agora até setembro, temos de nos adaptar. Eu achei que seria mais difícil, mas estou começando a fazer a série dentro dessa nova regra e está saindo como a gente estava querendo”, avaliou Arthur.

Marcos acha que a nova série de solo que Arthur está treinando para ajudar a seleção poderá ser testada nos Jogos Pan-Americanos de Mississauga (CAN) ou na etapa de Ghent da Copa do Mundo, ambos em agosto. “Para o Mundial, ele vai ter essa série nova de solo, que ainda não testou em competição. O Pan pode ser uma boa oportunidade, já que deve competir nas argolas, no solo e no salto”, acrescentou o treinador.

Para SERC, avaliação para seleção e de novos elementos

Além de Arthur Zanetti, disputam o Troféu Brasil pela SERC Henrique Flores Medina, Lucas Bittencourt e os juvenis Jared Azzarini e Gabriel Farias. “Vamos começar a pôr os juvenis em competições adultas – será a primeira competição deles -, testar novas séries e elementos para todos. O Lucas deve estar na disputa de vaga para o Mundial nessa competição de Bento Gonçalves, que também é uma avaliação para a seleção. Ele está brigando por uma vaga na disputa do individual geral”, afirmou Marcos Goto. A preparação também visa à disputa do Campeonato Brasileiro pelo clube.

Arthur Zanetti é atleta da SERC/Agith/São Caetano, tem patrocínio da Sadia, Furnas, adidas e CAIXA e apoio do COB, CBG e Bolsa Atleta/Ministério do Esporte.