Campeão olímpico disputa o Brasileiro, em Vitória, pela equipe de São Caetano, que deve brigar com o Pinheiros: “Vamos lutar pelo hexacampeonato nacional”

São Paulo – O campeão olímpico Arthur Zanetti disputa o Campeonato Brasileiro e II Etapa do Circuito Caixa de Ginástica Artística e Ritmica – as provas masculinas, por equipes e individual geral, serão nesta sexta-feira (2/8), e por aparelhos, neste sábado (3/8), no Centro Esportivo Tancredo de Almeida Neves, o Tancredão, em Vitória (ES). É a primeira competição nacional que Arthur disputa em 2013. O ginasta quer tirar uma boa nota nas argolas, seu principal aparelho, e ainda vai disputar solo e salto para trabalhar pelo hexacampeonato da SERC Santa Maria (Sociedade Esportiva Recreativa e Cultural), de São Caetano.

“Quero ajudar minha equipe a brigar por mais um título brasileiro. Somos cinco vezes campeões e temos chance de conquistar o hexacampeonato. Desta vez, não teremos uma equipe forte do Rio de Janeiro na disputa, como em outros anos, mas vamos ter um forte adversário na briga por equipes, que é o Pinheiros. Apesar disso, estamos bem preparados e acho que vai dar tudo certo, que podemos ganhar o título”, afirma Arthur.

O campeão olímpico nas argolas quer fazer bem a sua parte. “Tirar uma boa nota nas argolas e também testar a série para o Mundial, puxar aí uns 16 e ser campeão. E também conseguir pegar uma final no solo”, frisa Arthur. No salto não tem expectativa. Vai fazer um salto só, para ajudar a equipe – com isso, não tem como ir para a final (são necessários pelo menos dois saltos). “Eu estava treinando uma série nova no solo, mas tive de dar uma pausa por causa das competições da temporada. Vou fazer as minhas séries antigas, tanto no solo quanto nas argolas. Nas argolas vai ser a que apresentei na Universíade (levou o bicampeonato universitário). Nada de surpresa.”

Arthur já disputou os Jogos Regionais em Barueri este ano, mas a primeira competição nacional na temporada será o Brasileiro. “É um evento maior, com mais público. Vamos ver como vai ser a receptividade.”

O ginasta vai em busca do título brasileiro, mas seu principal objetivo na temporada é tentar a inédita medalha de ouro no Mundial da Antuérpia, em setembro – foi vice-campeão nas argolas no Japão, em 2011, antes do título olímpico em Londres, em 2012. “Falta o título no Mundial e no Pan-Americano”, acentua Arthur, que aguarda a decisão da Federação Internacional de Ginástica (FIG) sobre a graduação de um novo elemento a ser incorporado à sua série.

“Ganhar”

Questionado sobre o objetivo de Arthur e da SERC Santa Maria no Brasileiro, o técnico Marcos Goto deu uma resposta curta: “Ganhar”. “Vamos disputar o título com o Pinheiros, o grande adversário, mas estamos na disputa”, acrescenta. “Não podemos errar nada. São seis ginastas e são consideradas três notas por aparelho. Tanto nós quanto eles temos de competir bem. Quem competir melhor vai levar porque o nível é muito próximo um do outro.” Mesmo o campeão olímpico Arthur Zanetti vai se apresentar para a equipe, segundo Marcos.

O técnico observou que, depois do Brasileiro, dois ginastas da equipe vão para Porto Rico, para a disputa do Pan-Americano por Aparelhos – Francisco Barreto (paralelas e barra) e Henrique Medina (argolas). Arthur vai ficar no Brasil, treinando. “Ele saiu dessa competição para se preparar para o Mundial”, explica Marcos Goto. “Vamos fazer uma preparação final aqui mesmo, onde ele se sente bem.”

Este ano, Arthur disputou três competições e venceu todas, a mais importante delas a Universíade de Kazã, na Rússia – foi bicampeão. Ainda levou o ouro nas argolas nas etapas da Copa do Mundo de Doha, no Catar, e Anadia, em Portugal.

Arthur Zanetti é atleta da SERC, tem patrocínio da Sadia, Furnas e CAIXA e apoio da Nike.