Campeão mundial e olímpico está ansioso para experimentar o novo tablado de solo, o mesmo usado em Mundiais, que equipa agora o ginásio de São Caetano: ‘Já dei uns pulinhos’

Thais Hagge, de Rexona, Marcos Goto e Arthur Zanetti e ginastas de São Caetano

Thais Hagge, de Rexona, Marcos Goto e Arthur Zanetti e ginastas de São Caetano

São Caetano do Sul – Os ginastas da SERC/Agith, entre eles o campeão olímpico e mundial Arthur Zanetti, agradeceram à Rexona, líder no mercado de desodorantes no Brasil, pelos resultados da campanha Faça Acontecer – a doação de R$ 300 mil em aparelhos. O técnico campeão olímpico e mundial Marcos Goto e sua equipe, de São Caetano do Sul (SP), abriram o ginásio, nesta quinta-feira (10/4), para mostrar os novos aparelhos: tablado de solo, barras assimétricas, barra fixa, trave, cavalo com alças, mesa de salto e trampolim. Todos eles foram doados à Agith, associação de pais que gerencia a ginástica artística da SERC/Santa Maria, clube de Arthur em São Caetano, em que treinam 300 atletas da ginástica artística, das escolinhas da Prefeitura aos adultos.

“Alguns dos nossos aparelhos da ginástica feminina estavam bem usados. Em alguns casos, nunca tínhamos tido algo dessa marca alemã, mundialmente conhecida. O tablado de solo já era um aparelho bem antigo, que nem é mais utilizado pela FIG (a Federação Internacional de Ginástica), e a mesa de salto já estava com o couro desgastado. Acho que a chegada desse novo material vai ajudar na evolução do nível técnico de todos os ginastas e melhorar a segurança – o tablado do solo, por exemplo, tem excelente amortecimento. Esse material é caro, mas graças à campanha de Rexona conseguimos comprar os aparelhos”, disse Arthur. “Essa ação de Rexona – nunca vi uma empresa fazer isso por um ginásio de ginástica – foi uma parceria muito legal.”

As argolas não estão entre os aparelhos escolhidos pelos ginastas e doados pela campanha de Rexona. Arthur explicou que o aparelho que usa é novo – tem menos de dois anos e foi doado pelo Comitê Olímpico Brasileiro pouco antes da Olimpíada de Londres/2012. “Nós estávamos precisando do solo, da mesa de saltos, aparelhos que eu também faço pela seleção e pelo clube, do cavalo com alças, que eu não faço, e de alguns aparelhos femininos que o ginásio nunca teve. Vai ajudar muito a todo mundo.”

O técnico Marcos Goto destacou que o tablado de solo é o oficial – usado pela FIG em Mundiais e Olimpíadas. Arthur, que está se recuperando de uma contusão no pé esquerdo sofrida nos Jogos Sul-Americanos, em março, não está fazendo solo no momento, mas diz estar ansioso para experimentar o novo aparelho. “Eu já dei uns pulinhos, mas estou com muita vontade de estrear o solo no ginásio.” Arthur quer fazer a série nova que está preparando para o Mundial de Nanning, em outubro. “Eu vou aumentar um pouco a nota de partida e talvez possa ser a segunda nota do Brasil e ajudar a seleção.”

Campanha de Rexona tem adesão do público

Arthur, que vai completar 24 anos no dia 16, disse que não se sentiu envergonhado para fazer a campanha Faça Acontecer – foi protagonista dos três vídeos que tiveram milhares de acessos na internet. “Eu gostei muito porque sabia que era para o bem de todos. O pessoal da gravação me deixou bem à vontade, bem tranquilo. No meio da gravação, nós conversávamos, brincávamos.”

A ação faz parte do posicionamento global de Rexona Faça Mais, direcionado às pessoas que desejam aproveitar a vida. A campanha Faça Acontecer propôs três desafios ao público em geral e apaixonados por esportes – academia (300 km em esteiras e bicicletas, em cinco horas, no Recife), corrida (20% dos inscritos na Corrida das Estações fizeram um km a mais na etapa de São Paulo) e futebol (24 horas de jogos no Aterro do Flamengo, no Rio). E ainda ultrapassar 150 mil visualizações para os vídeos na internet, protagonizados por Arthur Zanetti e ginastas que treinam em São Caetano. O resultado foi a doação de R$ 300 mil pela Rexona para a compra dos novos aparelhos.

O compromisso mais importante de Arthur Zanetti na temporada será o Mundial de Nanning, na China, em outubro (por seleções e por aparelhos). Até lá, Arthur compete no Meeting Internacional do Brasil, em Santos, de 15 a 21 de abril, na etapa da Copa do Mundo de Anadia (POR), de 29 de maio a 1 de junho, e no Pan-Americano de Ginástica de Mississauga (CAN), em agosto. “Em Santos, a competição vai ser importante.”

Arthur Zanetti é atleta da SERC/Agith/São Caetano, tem patrocínio da Sadia, Furnas, adidas e CAIXA e apoio do COB, CBG e Bolsa Atleta/Ministério do Esporte.

Siga Arthur Zanetti no www.facebook.com