A competição é pré-olímpica e dará nove vagas para os Jogos de Tóquio/2020 aos países mais bem qualificados; trabalho no Rio de Janeiro prossegue até o embarque para a Alemanha

28.07.2019 - Jogos Panamericanos Lima 2019 - Lima (PER) - Polideportivo Vila El Salvador - Ginastica Artistica - Final Por Equipes Masculino - Na foto: Arthur Zanetti - Foto: Alexandre Loureiro/COB

Arthur Zanetti, no Pan de Lima

São Caetano do Sul – O ginasta Arthur Zanetti, campeão olímpico e mundial nas argolas, já está treinando com a seleção brasileira no Rio de Janeiro – o trabalho começou nesta quarta-feira (11/9) e prossegue até o embarque para Stuttgart, Alemanha, onde o Brasil disputará o 49º Campeonato Mundial de Ginástica Artística, de 4 a 13 de outubro. A competição é pré-olímpica e os nove países mais bem qualificados asseguram vagas para os Jogos de Tóquio, Japão, em 2020.

“Estamos começando esta última fase de preparação. Vai ter avaliação, como sempre, para a comissão técnica decidir a equipe (cinco titulares e um reserva). Nesta primeira semana faremos avaliações. Temos a informação de que a equipe será definida na segunda semana de treinos.O camping serve para juntar a equipe, por questão de entrosamento mesmo, e para avaliação final”, afirmou Arthur Zanetti.

A convocação para o Estágio de Treinamento publicada pela Confederação Brasileira de Ginástica tem 12 ginastas: Arthur Zanetti (SERC/São Caetano/SP), Arthur Nory Mariano (Pinheiros/SP), Bernardo Actos Miranda (Minas Tênis Clube/MG), Caio Souza (São Bernardo do Campo/SP), Diego Matias Hypólito (São Bernardo do Campo/SP), Diogo Brajão Soares (Pira Olímpica/SP), Francisco Barretto Júnior (Pinheiros/SP), Leonardo de Souza (Minas Tênis/MG), Lucas de Souza Bitencourt (Minas Tênis/MG), Luís Guilherme Porto (Grêmio Náutico União/RS), Patrick Sampaio Correia (Centro Olímpico/SP) e Tomás Rodrigues Florêncio (Sogipa/RS).

Os treinadores são Antônio Lameira Caio, Guilherme Silva, Cristiano Albino, Daniel Biscalchin, Marcos Goto, Ricardo Yokoyama Robson Caballero.

“O meu foco no Rio é fazer ajustes no solo e no salto, buscar aquela nota que a equipe precisa, buscar a perfeição nas séries, buscar as chegadas certas, cravar tudo… E nas argolas – fui liberado há algum tempo, mas ainda trabalho a força – o Rio vai servir de preparação para eu voltar a fazer a série que estava preparando.”

Na Alemanha – o grupo embarca em 12 dias – a seleção ainda treinará em um ginásio perto de Stuttgart, antes de entrar no ginásio oficial, o Hanns Martin Schleyer Halle. Arthur disse que gosta muito de competir na Alemanha, que o planejamento do Brasil inclui adaptação ao fuso e ao clima, não muito frio nesta época do ano, e nas condições para que o grupo possa brigar por uma das nove vagas olímpicas em disputa. “É todo mundo focado no resultado por equipe, buscando a classificação. Vamos treinar pertinho de Stuttgart, num ginásio com aparelhos novos, um treino bem importante para a seleção”, comentou Arthur.

“O objetivo principal é classificar a equipe para a Olimpíada de Tóquio, no ano que vem. O objetivo é ficar entre as nove primeiras equipes do Mundial”, disse o técnico Marcos Goto. O Brasil estará na quarta subdivisão da disputa por equipes, a última do primeiro dia de competições. “Compete no primeiro dia, não fica tão angustiado para competir, a preparação não fica tão longa, e também já tem uma base de como os árbitros estarão arbitrando durante o dia. Vamos competir a noite, não faz muita diferença, mas acho que é uma boa rotação”, acrescentou o treinador.

Marcos Goto acredita que 11, 12 equipes brigarão pelas nove vagas. “O Brasil tem condições, tem equipe para ficar entre as nove, mas tem de competir bem, não dá para aprontar! No Pan, conversamos e fizemos os 250 pontos que buscávamos e estamos querendo repetir isso no Mundial.”

Arthur Zanetti é atleta da SERC/São Caetano, tem patrocínio da adidas, Caixa, FAB e Bolsa Atleta do Governo Federal.

Saiba mais: www.facebook.com/ArthurZanettiOficial e https://instagram.com/arthurzanetti.

Siga a Contrapé no blog contrapedejornalismo.wordpress.com, em facebook.com/contrapedejornalismo e em instagram.com/contrape_informacao