O campeão olímpico teve um bom desempenho nas argolas para se classificar com a melhor nota, empatado com o grego Petrounias; também está na final do solo

São Caetano do Sul – O ginasta Arthur Zanetti está nas finais do solo e das argolas no Grand Prix Ostrava Challenge Cup, na República Checa, última etapa do ano da Copa do Mundo. Na classificação, nesta sexta-feira (23/11), Arthur obteve a melhor colocação nas argolas (15.800), empatado com o grego Eleftherios Petrounias. Arthur, que decidiu competir sem se pressionar por resultados após o ouro olímpico em Londres, lidera o ranking mundial nas argolas e briga para fechar o ano nessa posição justamente com o grego Petrounias (tem 115 pontos, contra 110 do adversário). 

O ginasta brasileiro ainda não fez sua série principal nas argolas. “A disputa da classificação foi rápida. Está um pouco frio, mas é bem legal estar aqui participando – nunca tinha vindo para a República Checa. Na final, pretendo fazer uma apresentação melhor do que a da qualificação. Na verdade, gostei da minha apresentação, mas quero fazer melhor”, disse Arthur, que também se classificou para a final do solo, em sétimo (14.450).

Arthur Zanetti, de 22 anos, atleta da Serc Santa Maria, de São Caetano, é o único representante do Brasil em Ostrava. Viajou acompanhado do técnico Marcos Goto. Na sequência, vai encontrar companheiros da seleção brasileira para a disputa de uma competição em Stuttgart, na Alemanha (além dele, competem Francisco Barreto, Arthur Mariano e Felipe Arakawa), dia 3 de dezembro.

Arthur Zanetti é atleta da SERC e tem patrocínio de CAIXA e Sadia.