Com série impecável e saída cravada das argolas, o ginasta ficou com o ouro e nota 15.850; o pódio teve dobradinha de São Caetano, com Henrique Flores vice-campeão

                                                                                                                                                                                                                      

 

Arthur (C) e Henrique (E), com Chico Barreto: pódio das argolas no Brasileiro

Arthur (C) e Henrique (E), com Chico Barreto: pódio das argolas no Brasileiro

São Paulo – O campeão olímpico e mundial Arthur Zanetti é também o campeão brasileiro das argolas de 2014. Com uma apresentação muito boa e uma cravada na saída, Arthur levou nota 15.850 para ficar com o título do Campeonato Brasileiro e da II Etapa Caixa, no Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, em Aracaju (SE). Arthur fez dobradinha com o companheiro de São Caetano, Henrique Medina Flores, medalha de prata nas argolas, com a nota 15.250. O bronze ficou com Francisco Barreto, do Pinheiros (14.300). O outro ouro do dia para a equipe do técnico Marcos Goto, de São Caetano, veio com Hudson Miguel, nos saltos (14.974).

Anunciado pelo locutor, Arthur recebeu aplausos do público presente no ginásio de Aracaju, neste domingo (3/8). O primeiro ginasta campeão olímpico do Brasil, reconhecido e ovacionado nas competições nacionais, foi o último a se apresentar nas argolas e mostrou a segurança de sempre. “A série foi muito boa, gostei!”, comentou, ao final de sua apresentação. “Gostei muito da prova. Não fiz a oficial – ainda diminuí um décimo da nota de partida porque não precisava e estava cansado. Mas eu queria cravar a saída e consegui. O meu objetivo no Brasileiro foi cumprido”, afirmou.

“Equipamentos novos, que legal!”

Arthur Zanetti fará final por aparelhos: argolas e saltos

Arthur Zanetti fará final por aparelhos: argolas e saltos

Arthur ainda fez questão de elogiar a iniciativa do Ministério do Esporte de comprar equipamentos para o desenvolvimento da ginástica brasileira. Os aparelhos da marca Spieth, certificados pela Federação Internacional (FIG), foram importados da Alemanha e já chegaram ao Brasil. Os equipamentos estão em Vila Velha (ES) aguardando liberação para serem distribuídos. “Os ginastas receberam os equipamentos com festa. É uma grande iniciativa do Ministério do Esporte porque essa aparelhagem nova e oficial vai equipar ginásios em todo o Brasil e ajudar o desenvolvimento do esporte em várias regiões. Muito legal!”, ressaltou Arthur.

Além do resultado de Arthur, seu clube, a Agith/SERC/Santa Maria, de São Caetano do Sul, foi vice-campeã brasileira (252.200 pontos); Lucas Bitencourt ganhou medalha de bronze no individual geral (85.700 pontos). “A competição de clubes foi bem disputada, acirrada. Erramos muito e ficamos em segundo. Se tivéssemos acertado um pouco mais poderíamos ter ganhado o título. Nas finais por aparelhos fomos bem”, disse Marcos Goto.

Além do bronze no individual geral, Lucas Bitencourt ainda ganhou duas medalhas de prata, nas barras paralelas (14.750) e na barra fixa (14.600). Henrique Flores também ficou com a prata, no cavalo com alças (14.000).

Agora, de volta a São Caetano, Arthur vai encarar o desafio do Pan-Americano de Ginástica Artística, em Mississauga, no Canadá – a seleção viaja dia 24 de agosto -, antes da principal competição da temporada, o Mundial de Nanning, na China, em outubro.

Arthur Zanetti é atleta da SERC/Agith/São Caetano, tem patrocínio da Sadia, Furnas, adidas e CAIXA e apoio da Spieth, Eurotramp, COB, CBG e Bolsa Atleta/Ministério do Esporte.