O ginasta, que é campeão brasileiro, olímpico e mundial e acaba de trazer o ouro de Toronto fez uma série simplificada, nas eliminatórias da competição, em Aracaju, mas se classificou para a decisão de medalhas no aparelho com a melhor nota dentre os ginastas da competição: 15.400 – “Quero corrigir os meus erros para a final”, disse    

                         

                                                                                                                                                                                                 

Arthur Zanetti faz sua primeira final nas argolas após ouro no Pan de Toronto

Arthur Zanetti faz sua primeira final nas argolas após ouro no Pan de Toronto

Aracaju – O ginasta Arthur Zanetti avançou para a decisão das argolas no Troféu Brasil e II Etapa Caixa de Ginástica Artística e Rítmica, no Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, em Aracaju (SE), neste sábado (1/8/2015), com a melhor nota dentre os competidores – 15.400. Arthur mostrou uma série bem simplificada – o que era possível após o desgaste do Pan. Ainda assim, acha que tem detalhes para corrigir para a final, neste domingo (2/8/2015), pela SERC/Agith, de São Caetano do Sul.

Arthur disse que é bom competir no Brasil após o Pan, mas frisou que o foco agora é ajudar a seleção a conquistar a inédita vaga olímpica por equipe para a ginástica masculina no 46º Mundial de Glasgow, Escócia, de 23 de outubro a 1 de novembro.

“Fiz a série um pouco mais básica, com nota de partida menor, mas mesmo assim não gostei muito da minha apresentação e vou focar em corrigir os meus erros para a final. Acho que posso melhorar no último giro e na saída do aparelho. Mas, enfim, era o que dava para fazer depois do Pan. Baixou o nível da adrenalina e bateu o cansaço. E mesmo o conjunto da SERC/Agith pode ser melhor na final. Vamos ver o que os meninos podem fazer. Assim como eu, tem o Lucas Bitencourt que também estava na seleção brasileira no Pan”, disse Arthur, que trouxe ouro nas argolas de Toronto e ainda a prata por equipes com o Brasil.

Depois do Brasileiro, Arthur volta a cumprir a agenda de treinos da seleção brasileira no Rio. E ainda disputa etapa da Copa do Mundo de Osijek, na Croácia, em setembro, antes do Mundial. O técnico Marcos Goto decidiu inserir a competição como parte da preparação ao Mundial. “Tivemos de baixar um pouco o volume do trabalho agora para depois ir subindo, progressivamente, para Osijek e depois para Glasgow”, explicou o treinador, que trabalha com Zanetti na SERC/Agith de São Caetano desde que o ginasta tinha 9 anos, e também na seleção brasileira.

Domingo (2)
II Etapa Caixa
8h30 às 8h50: aquecimento corporal
8h50 às 9h30: aquecimento nos aparelhos
9h40 às 11h40: competição
11h50: premiação individual geral e por aparelhos

Arthur Zanetti é atleta da SERC/Agith/São Caetano, tem patrocínio da CAIXA, Bergamini, Furnas e adidas e apoio da Spieth, Eurotramp, COB, CBG e Bolsa Atleta/Ministério do Esporte.

Siga Arthur Zanetti no www.facebook.com/ArthurZanettiOficial