O campeão olímpico cometeu um erro na série e sofreu um desconto grande de 6 décimos, mas foi ao pódio pela segunda vez em Lima; ficou em 7º lugar na decisão do solo

Prata nas argolas Ricardo Bufolin PAP CBG

São Caetano do Sul – O campeão olímpico Arthur Zanetti conquistou a sua sexta medalha pan-americana nesta terça-feira (30/7), em Lima, Peru, uma prata, nas argolas, com nota 14.400. Arthur Zanetti havia tirado 15.000, a maior nota dentre todos os ginastas na qualificação. Fez uma boa apresentação na final, mas cometeu um erro que foi penalizado pelos árbitros em 6 décimos.

O mexicano Fabian de Luna levou a medalha de ouro, com 14.500, e o argentino Federico Molinari ficou com o bronze, com 14.066.

Arthur encerrou sua participação nesta edição dos Jogos Pan-Americanos com duas medalhas, o ouro por equipe e a prata nas argolas. Soma seis medalhas (3 de ouro e 3 de prata) em três participações na competição. Em Toronto/2015 foi ouro nas argolas e prata por equipe. Em Guadalajara/2011 foi ouro por equipe e prata nas argolas.

“Quero agradecer a todo mundo que torceu por mim, que torce pela ginástica. Não fiz o meu melhor, poderia ter feito muito mais, e não veio o meu melhor resultado aqui”, disse Arthur, com uma expressão muito triste.

Arthur ficou com o sétimo lugar no solo, com nota 13.733 (melhorou a nota da qualificação, de 13650). O brasileiro Arthur Nory foi quarto colocado no aparelho (13.966). A medalha de ouro foi ganha  por Tomas González (CHI), com 14.600, Robert Neff (EUA) ficou com a prata (14.166) e Andres Martinez (COL), com o bronze (14.100).

O próximo compromisso de Arthur Zanetti será a disputa do 49º Mundial de Stuttgart, na Alemanha, de 4 a 13 de outubro. O Mundial é pré-olímpico e os oito países primeiros colocados asseguram qualificação nos Jogos Olímpicos de Tóquio/2020.

Arthur Zanetti é atleta da SERC/São Caetano, tem patrocínio da adidas, Caixa, FAB e Bolsa Atleta do Governo Federal.

Saiba mais: www.facebook.com/ArthurZanettiOficial e https://instagram.com/arthurzanetti.

Siga a Contrapé no blog contrapedejornalismo.wordpress.com, em facebook.com/contrapedejornalismo e em instagram.com/contrape_informacao