O brasileiro, campeão olímpico e mundial no aparelho, tira 15.800 e passa para a decisão em primeiro entre os 19 ginastas que disputaram a qualificação em Portugal                                             

 

 

Arthur ainda vai disputar mais duas etapas da Copa do Mundo este ano

Arthur ainda vai disputar mais duas etapas da Copa do Mundo este ano

São Caetano – Arthur Zanetti está na final das argolas da etapa da Copa do Mundo de Anadia, em Portugal. O brasileiro, que é campeão olímpico e mundial no aparelho, avançou em primeiro lugar para a decisão de medalhas na qualificação desta quinta-feira (29/5), no Centro de Alto Rendimento de Anadia, com uma apresentação nota 15.800, bem superior à dos adversários. O finlandês Markku Vahtila ficou em segundo (14.950) e o norte-americano Alexander Naddour, em terceiro (14.800). Também estão classificados Gustavo Simões (14.700), de Portugal, Juan Raffo (14.650), do Chile, Regulo Carmona (14.300), da Venezuela, Javier G. Balboa (14.250), do México, e Yuguo Huang (13.800), da China. Foram 19 os ginastas brigando pelas oito vagas na final.

A disputa das medalhas nas argolas, assim como no cavalo com alças e no solo, será neste sábado (31/5). Saltos e barras paralelas e fixa serão decididos no domingo (1/6). “Nas argolas eu fui bem. Nada demais, porque não fiz a minha série mais difícil. Diminuí um décimo a nota de partida e tirei 15.800. Foi bom. Vamos ver no sábado, se mantenho essa série ou se faço uma mais difícil. Quero me apresentar bem”, disse Arthur, após a qualificação.

Arthur também fez solo no primeiro dia de qualificação, mas ficou em 17º (13.800) entre 29 ginastas. “Fiz o solo e a minha série foi boa, mas eu caí no duplo para a frente e isso me tirou nota… Eu não estou satisfeito porque queria acertar a minha série para ver o quanto seria a minha nota com a série boa”, acentuou.

Na temporada, Arthur venceu as argolas nas três competições que disputou – ficou com o ouro no Troféu Brasil, em Bento Gonçalves, na semana passada (25/5), nos Jogos Sul-Americanos de Santiago, no Chile, em março, e no Meeting Internacional de Santos, em São Paulo, em abril – com 16.000, sua maior nota na carreira.

A principal competição de Arthur Zanetti este ano será o Mundial de Nanning, na China, em outubro. Antes, Arthur compete no Pan-Americano de Mississauga, no Canadá, em agosto, na etapa da Copa do Mundo de Ghent (BEL), no mesmo mês, e na de Medellín (COL), em setembro. Depois, viaja com a seleção brasileira para o Japão, onde será feita a aclimatação para o Mundial.

Arthur Zanetti é atleta da SERC/Agith/São Caetano, tem patrocínio da Sadia, Furnas, adidas e CAIXA e apoio da Spieth, Eurotramp, COB, CBG e Bolsa Atleta/Ministério do Esporte.