A seleção ficou em 7º e está na final por equipes; o campeão olímpico e mundial enfrenta a final das argolas, no sábado, contra fortes adversários em Nanning, na China                                                                                                                                                                                                                              

 

Arthur Zanetti se qualifica para final das argolas

Arthur Zanetti se qualifica para final das argolas

São Caetano do Sul – O ginasta Arthur Zanetti ajudou o Brasil a fazer a melhor campanha de sua história em Mundiais, em Nanning, na China – o 7º lugar, com 348.100. O melhor resultado até então era o 13º posto obtido em Tóquio/2011. Arthur também se classificou para a disputa de medalhas na final das argolas, na madrugada de sábado (11/10), no Guangxi Sports Center, com a quarta melhor nota – 15.716. “Agora, o objetivo é cravar”, disse o ginasta que deu um passo na saída das argolas e terá adversários duros na decisão, como o chinês chinês Yang Liu (15.933), o russo Denis Abliazin (15.866) e o grego Eleftherios Petrounias (15.733), todos com notas superiores na qualificação.

Por equipes, o Brasil (348.100) ficou atrás de potencias como China (362.698), Japão (361.609), Estados Unidos (360.393), Grã-Bretanha (357.193), Rússia (356.957) e Alemanha (348.643), países com tradição e investimentos grandes na ginástica artística. Mas ficou à frente da Suíça (345.993), Ucrânia (345.540), Coréia do Sul (343.594), França (343.385) e Romênia (341.516) para citar os primeiros 12 na classificação por equipes em Nanning. Os oito primeiros fazem a final.

“O Brasil conseguir estar numa final por equipes é inédito na ginástica masculina. Eu fiquei muito feliz, mas muito feliz mesmo! Era um sonho de todos e um objetivo muito difícil. Agora vimos que temos capacidade e ginástica para estar entre os melhores do mundo. Quero deixar os parabéns para todos, tanto para os meus companheiros ginastas, que fizeram um trabalho maravilhoso, quanto para os treinadores e todos os integrantes da comissão técnica por essa conquista de ir a uma final por equipes! Parabéns a todos nós!”, comentou Arthur Zanetti.

“Esse resultado, com certeza, é histórico para nós. Estamos na final por equipes, temos dois finalistas no individual geral (Sérgio Sasaki e Arthur Mariano) e três finalistas por aparelhos – Arthur Zanetti, nas argolas, Sergio Sasaki, no salto, e Diego Hypólito, no solo”, afirmou o técnico Marcos Goto, da seleção, e da SERC/Agith, de São Caetano do Sul. “Estar entre os oito melhores do mundo por equipe é muito emocionante. Estamos muito felizes por conseguir realizar um sonho.”

Arthur Zanetti e Marcos Goto: parceria pelo Brasil

Arthur Zanetti e Marcos Goto: parceria pelo Brasil

Marcos disse que o resultado é fruto do trabalho de todos os treinadores do Brasil. “Cada um de nós contribui no seu dia a dia, nos clubes, para o crescimento da ginástica brasileira. Devemos também agradecimentos aos investimentos feitos pela CBG, COB e Ministério dos esportes e aos clubes que apoiam a ginástica artística.”

Desde as primeiras semanas de treinamento com a seleção tanto o campeão olímpico e mundial nas argolas, Arthur Zanetti, quanto o técnico Marcos Goto informaram que o objetivo era levar o Brasil a se qualificar bem nesse Mundial – 24 seleções se qualificam para o Mundial de 2015. O Brasil quer ter uma equipe masculina completa nos Jogos do Rio, em 2016, o que nunca ocorreu na história da ginástica artística.

“O objetivo para o Mundial era ficar pelo menos entre os 10 primeiros. Para mim, o meu objetivo, desde o início, era ficar entre os oito, sermos finalistas no mundial por equipes”, disse Marcos Goto, que trabalha com Arthur Zanetti há 16 anos e ajudou o ginasta a ser o primeiro campeão olímpico da modalidade no Brasil.

Programa da ginástica masculina no Mundial

Dia 7, terça-feira – 7 horas às 11h10 – Final por Equipes Masculino

Dia 9, quinta-feira – Das 8 horas às 10h40 – Individual Geral Masculino

Dia 11 – Sábado – Finais por aparelho
Das 2 horas às 2h30 – Solo
Das 3h20 às 3h50 – Cavalo com alças
Das 4h20 às 4h50 – Argolas
Das 4h50 às 5h20 – Premiação

Dia 12 – Domingo
Finais por aparelho
Das 2 horas às 2h30 – Salto
Das 3 horas às 3h20 – Premiação
Das 3h20 às 3h50 – Barras Paralelas
Das 4h20 às 4h50 – Barra fixa
Das 4h50 às 5h20 – Premiação
5h20 – Cerimônia de encerramento

Arthur Zanetti é atleta da SERC/Agith/São Caetano, tem patrocínio da Sadia, Furnas, adidas e CAIXA e apoio da Spieth, Eurotramp, COB, CBG e Bolsa Atleta/Ministério do Esporte.